O vilão da hipertensão

08/05/13 | Compartilhar:

blog_hipertensao

A data 26 de abril,  Dia Nacional de Combate e Prevenção a Hipertensão, merece destaque, pois e crescente o número de pessoas hipertensas. A prevalência estimada de hipertensão no Brasil atualmente é de 35% da população acima de 40 anos. Isso representa em números absolutos um total de 17 milhões de portadores da doença, segundo estimativa de 2004 do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE).

A hipertensão é quando a pressão que o sangue faz na parede das artérias para se movimentar é muito forte, ficando o valor igual ou maior que 140/90 mmHg (ou 14 por 9). Se trata de uma doença crônica degenerativa que pode causar insuficiência cardíaca congestiva, falência renal e doença vascular periférica. A hipertensão em grande parte dos casos é assintomática e pode levar a um infarto fatal devido a uma vida desregrada e não saudável. Alguns fatores e hábitos podem influenciar diretamente na hipertensão como sobrepeso, consumo exagerado de sal, bebida alcoólica e sedentarismo. São esses fatores que devemos dar atenção e cuidado. Não existe cura para esse problema de saúde tão popular, apenas cuidados básicos e hábitos de vida mais saudáveis auxiliam no controle e prevenção da mesma.

O cuidado com a alimentação deve ser imediato, para prevenção e controle da Hipertensão, atenção as dicas:

Prefira:

– Manter o peso adequado com alimentação mais saudável e pratica de exercícios físicos regulares;

– Carnes magras com preparações assadas, grelhadas ou cozidas;

– Leite/iogurte/coalhada desnatados, queijos brancos;

– Alimentos ricos em potássio: inhame, feijão, lentilha, abóbora, cenoura, chicória, couve-flor, vagem, espinafre, nabo, rabanete, laranja, mamãe, maracujá;

– Óleos vegetais: soja, canola, azeite, milho,girassol;

– Temperos naturais como cebola, cebolinha, salsa, coentro;

– Evite alimentos industrializados com grande proporção de sódio e cloreto de sódio (Leia sempre os rótulos).

– Consuma, inhame, batata-doce, pão sem sal ou integral. A intenção é substituir o pão com sal;

Evite:

– Gorduras em geral, carnes gordas e frituras;

– Enlatados e embutidos;

– Salgados fritos e assados (grande quantidade de manteiga e gordura);

– Leite integral ou desnatado em pó;

– Produtos industrializados contendo, sódio, bicarbonato de sódio, fosfato de sódio, glutamato monossódico, sulfato de sódio entre outras substâncias derivadas do sódio;

– Alimentos dietéticos em excesso;

– Estimulantes: café, chá preto, chá mate, cappuccino, refrigerantes a base de cola;

– Procure um profissional de saúde para acompanhamento;

Leticia Marini, nutricionista Hortifruti